Facebook
Instagram
Linkedin
Twitter
Youtube
Fale Conosco
Preços do petróleo sobem após IEA elevar projeção para demanda; Covid-19 ainda preocupa
Publicado em 10/07/2020 às 17h58
Os preços do petróleo avançaram mais de 2% nesta sexta-feira, depois de a Agência Internacional de Energia (IEA, na sigla em inglês) elevar sua projeção de demanda para 2020, embora um aumento recorde no número de casos de coronavírus nos Estados Unidos tenha enfraquecido as expectativas de uma rápida recuperação no consumo de combustíveis no país.

As cotações também encontraram suporte em dados que indicaram que as empresas de energia dos EUA reduziram o número de sondas de petróleo e gás natural em operação para uma mínima recorde pela 10ª semana consecutiva.

PUBLICIDADE


O petróleo Brent fechou em alta de 0,89 dólar, ou 2%, a 43,24 dólares por barril, e o petróleo dos EUA (WTI) avançou 0,93 dólar, ou 2,4%, para 40,55 dólares o barril.

O valor de referência norte-americano terminou a semana com pouca alteração, enquanto o "benchmark" internacional acumulou ganho semanal de cerca de 1%.

PUBLICIDADE


A IEA, que tem sede em Paris, elevou sua previsão de demanda por petróleo em 2020 para 92,1 milhões de barris por dia (bpd), alta de 400 mil bpd em relação à estimativa do mês passado.

Por outro lado, mais de 60.500 novos casos de Covid-19 foram relatados nos EUA na quinta-feira, recorde diário e maior contagem para um único dia em qualquer país desde o início da pandemia.

"Embora o mercado de petróleo sem dúvida tenha feito progressos... o grande e, em alguns países, acelerado número de casos de Covid-19 é um lembrete perturbador de que a pandemia não está sob controle", disse a IEA.
Fonte: Reuters
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Mais Lidas