Este site utiliza cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência. Ao continuar navegando
você concorda com nossa política de privacidade. Política de Privacidade

Facebook
Instagram
Linkedin
Twitter
Youtube
Fale Conosco
Açúcar/Índia: Produção deve aumentar 3% em 2021/22, para 34,7 mi de t
Publicado em 13/10/2021 às 08h05
Foto Notícia
A produção de açúcar na Índia deve totalizar 34,7 milhões de toneladas no ano-safra 2021/22 (outubro-setembro), disse em relatório o adido do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos em Nova Délhi. O volume representa aumento de 3% ante o ciclo 2020/21 e se deve à expectativa de maior produtividade. Os Estados de Uttar Pradesh, Maharashtra and Karnataka devem ser responsáveis por 85% da produção total.

O adido estima que a área de cana-de-açúcar vá crescer 3,5% em 2021/22, para 5,6 milhões de hectares. Segundo o USDA, muitos agricultores devem migrar da horticultura para a cana-de-açúcar, atraídos por um preço mínimo mais alto garantido pelo governo.

O consumo de açúcar na Índia deve ter apenas um leve aumento em 2021/22, passando de 28 milhões para 28,5 milhões de toneladas, disse o adido.

O país deve exportar cerca de 7 milhões de toneladas de açúcar em 2021/22. De acordo com o adido, embora o governo indiano não deva manter o programa de subsídios à exportação, um superávit no mercado doméstico e a oferta global relativamente apertada (com menor produção no Brasil e na Tailândia) devem estimular as exportações. A Índia deve exportar para compradores regionais como Indonésia, Sri Lanka e China, afirmou o USDA. Para 2020/21, o adido revisou sua estimativa de exportações de 6 milhões para 7,2 milhões de toneladas.

Os estoques ao fim de 2021/22 devem somar 14,37 milhões de toneladas, o equivalente a aproximadamente sete meses de oferta, considerando níveis médios de consumo.
Fonte: Broadcast
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.