Este site utiliza cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência. Ao continuar navegando
você concorda com nossa política de privacidade. Política de Privacidade

Facebook
Instagram
Linkedin
Twitter
Youtube
Fale Conosco
Brasil e Colômbia trocam experiências sobre políticas da agricultura familiar
Publicado em 25/11/2021 às 09h03
Representantes do governo da Colômbia, acadêmicos e produtores agroecológicos participam, até o dia 26 de novembro, em Brasília, das atividades de encerramento do projeto de cooperação Trilateral Sul-Sul "Semeando Capacidades".

Nesta quarta-feira (24), a delegação esteve no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), onde participou de debates sobre Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater), bioeconomia, agroecologia, orgânicos e acesso a mercados. O encontro promoveu a troca de experiências entre Brasil e Colômbia, com foco no aprimoramento e fortalecimento de políticas públicas voltadas para a agricultura familiar.

"As políticas públicas brasileiras de inclusão produtiva da agricultura familiar chamam a atenção do mundo e, atualmente, desempenhamos um importante papel na disseminação de boas práticas. E um exemplo disso é o projeto Semeando Capacidades", destaca o assessor da Secretaria de Agricultura Familiar e Cooperativismo do Mapa, Nelson de Andrade Júnior.

O diretor de Capacidades Produtivas e Geração de Renda do Ministério da Agricultura e Desenvolvimento Rural da Colômbia, Sergio Ramírez, conta que o projeto tem contribuído de diversas formas para fomentar as iniciativas no país. "A cooperação do governo do Brasil e da FAO tem sido fundamental para a caracterização dos produtores, a pesquisa em agroecologia, a promoção de circuitos curtos de comercialização e o fortalecimento da assistência técnica, hoje conhecida como extensão agrícola, atividades que permitem aumentar a produtividade e melhorar a qualidade de vida das famílias rurais em nosso país ".

Nesta quinta-feira (25), a delegação participará de visita de campo para conhecer experiências de Ater e de acesso a mercados para agricultura familiar, por meio das compras públicas. A programação contará com o apoio da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Distrito Federal (Emater-DF).

Semeando capacidades

O Projeto Semeando Capacidades é uma iniciativa de Cooperação Trilateral Sul-Sul entre os governos do Brasil, da Colômbia e a FAO, iniciado em 2019, com o objetivo de melhorar a oferta de programas e serviços para a Agricultura Camponesa, Familiar e Comunitária (ACFC) na Colômbia. A estratégia é baseada no desenvolvimento de capacidades técnicas, organizacionais e institucionais dos atores envolvidos, em torno de quatro componentes: extensão agrícola, agroecologia, mercados diferenciados e sistemas de informação.

Em dois anos, foram realizados 45 espaços de intercâmbio com mais de 850 atores e mais de 6 mil participantes diretos; e produzidos 17 documentos técnicos sobre políticas públicas para a agroecologia, experiências de comercialização, boas práticas de extensão, entre outros. Também foram elaborados podcasts e vídeos informativos.
Fonte: MAPA
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Mais Lidas