Este site utiliza cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência. Ao continuar navegando
você concorda com nossa política de privacidade. Política de Privacidade

Facebook
Instagram
Linkedin
Twitter
Youtube
Fale Conosco
Açúcar se recupera e encerra a semana em alta nas bolsas internacionais
Publicado em 17/01/2022 às 09h27
Foto Notícia
Os contratos futuros do açúcar encerraram a semana em alta nas bolsas internacionais. Em Nova York, na ICE Future, o açúcar bruto, no vencimento março/22, foi comercializado a 18,31 centavos de dólar por libra-peso, 22 pontos a mais do que os preços da véspera. Já a tela maio/22, subiu 21 pontos, negociada a 18,08 cts/lb. Os demais lotes subiram entre 5 e 20 pontos.

"As pessoas que olham para o quadro geral percebem que a situação global de oferta versus demanda está muito apertada e isso está dando ao mercado um sólido impulso", explica Phil Flynn, analista sênior do Price Futures Group.

Segundo a Reuters, as expectativas do mercado para a safra 2022/23 do Brasil, já são mais positivas diante de melhora no clima no Centro-Sul, principal região produtora de cana-de-açúcar do país. A safra indiana também tem avançado bem.

O presidente do comitê de exportação da All India Sugar Traders Association (AISTA) disse à Reuters que no nível de preços atuais, as exportações da Índia não são viáveis, segundo ele, as usinas estão obtendo preços muito mais altos no mercado local.

Açúcar branco

Em Londres o açúcar branco fechou a última sexta-feira (14) em alta em todos os lotes da ICE Futures Europe. O vencimento março/22 avançou 5,30 dólares, negociado a US$ 502,60 a tonelada. Já o contrato maio/22 foi contratado a US$ 493,30 a tonelada, com a valorização de 5,70 dólares. Os demais lotes subiram entre 2,10 e 4,40 dólares.

Açúcar cristal

Pelo Indicador Cepea/Esalq, da USP, a saca de 50 quilos do açúcar cristal fechou a semana a R$ 153,13, com uma valorização de 0,11% no comparativo com os preços praticados na véspera.
Caroline Rocha
Fonte: Agência UDOP de Notícias
Copyright© 2008 - UDOP.
Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução, desde que citada a fonte.
Mais Lidas