Este site utiliza cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência. Ao continuar navegando
você concorda com nossa política de privacidade. Política de Privacidade

Facebook
Instagram
Linkedin
Twitter
Youtube
Fale Conosco
Argentina: projeto quer eliminar retenciones nos grãos em áreas afetadas pelo calor
Projeto apresentado por deputados quer reduzir as tarifas de exportação da soja e do milho até o final de 2022
Publicado em 20/01/2022 às 14h36
Deputados argentinos que fazem oposição ao governo apresentaram um projeto de lei que propõe a eliminação das retenciones (tributos sobre exportações) da soja e milho que estão dentro das áreas declaradas de Emergência Agrícola devido à seca e à última onda de calor.

A iniciativa busca reduzir para 0% as alíquotas de exportação de soja e milho, com vigência até dezembro de 2022, e convida as províncias a reduzir a carga tributária sobre o setor produtivo com redução de tributos como Lucro Bruto, Selos e Taxas.

O projeto reproduz dados da Bolsa de Valores de Rosário (BCR) que indicam que o estresse hídrico no verão fez com que as projeções de safra de soja e milho caíssem para 9 e 8 milhões de toneladas, respectivamente.

"A perda de receita líquida do setor produtivo já chega a US$ 2.930 milhões, o que resultará em menos fretes, menos serviços financeiros e de corretagem, menos consumo. No total, o impacto na economia argentina é estimado em US$ 4.800 milhões , ou 1% do seu PIB potencial", alerta o projeto.
Fonte: Canal Rural
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Mais Lidas