Este site utiliza cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência. Ao continuar navegando
você concorda com nossa política de privacidade. Política de Privacidade

Facebook
Instagram
Linkedin
Twitter
Youtube
Fale Conosco
Bolsonaro diz que vai apresentar ao Congresso projeto para reduzir preço de combustíveis
Publicado em 20/01/2022 às 08h29
Foto Notícia
O presidente Jair Bolsonaro afirmou na noite desta quarta-feira, 19, que vai apresentar na volta do recesso do Congresso, no início do próximo mês, uma proposta com o objetivo de reduzir o preço dos combustíveis, destacando que a iniciativa está praticamente pronta.

"Reconheço a inflação de alimentos, reconheço a alta do combustível, falo de um porquê. Fora do ar aqui, falava-se de uma proposta que poderíamos enviar ao Congresso que mexe com combustível", disse e completa: "Sim, existe essa proposta, mas não quero entrar em detalhe; vai ser apresentada no início do ano. Nós procuramos reduzir carga tributária, muitas vezes sendo obrigados a encontrar uma fonte alternativa. Você não pode apenas reduzir isso daí e vamos fazendo o possível".

Em entrevista ao programa Pingo nos Is, da Jovem Pan, Bolsonaro falou em dois momentos sobre o assunto, mas não deu detalhes. "Outra medida, não quero anunciar agora aqui, porque ainda não está concluída -- como o Congresso não está funcionando, não quero apresentar --, é a que tem a ver com combustível no Brasil", reforçou.

Em meio à alta do preço dos combustíveis, no ano passado, o governo enviou ao Congresso uma proposta para alterar a forma de tributação do ICMS, imposto estadual, que incide sobre o insumo. A proposta chegou a ser aprovada, com modificações, pela Câmara dos Deputados, mas emperrou no Senado após reclamações de governadores receosos de perder receita.

Bolsonaro tem dito que o ICMS é o grande vilão para o alto preço dos combustíveis. O ICMS é um dos componentes do preço final dos combustíveis no Brasil. A Petrobras segue uma regra que leva em conta a variação do câmbio e dos preços internacionais do petróleo na formação dos preços no país.
Fonte: Reuters
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Mais Lidas