Este site utiliza cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência. Ao continuar navegando
você concorda com nossa política de privacidade. Política de Privacidade

Facebook
Instagram
Linkedin
Twitter
Youtube
Fale Conosco
Usinas aceleram fixação de preço de açúcar para embarque em 2023/24
Publicado em 09/05/2022 às 08h55
Foto Notícia
As usinas brasileiras de cana já fixaram os preços de 17,5% do açúcar a ser exportado apenas na safra que vem (2023/24), que começará em abril de 2023, daqui quase um ano. A estimativa é da Archer Consulting, que prevê uma exportação total de 24 milhões de toneladas no próximo ciclo.

Até o fim de abril, os exportadores já haviam acertado o preço de embarque de 4,2 milhões de toneladas de açúcar da próxima safra. O valor médio do hedge está em 17,26 centavos de dólar a libra-peso (sem prêmio de polarização), ou R$ 2.259 a tonelada do açúcar posto no porto de Santos (com prêmio de polarização).

Para aproveitar os altos preços do momento, as usinas anteciparam as operações de forma significativa. Em geral, o cálculo do hedge de açúcar para a safra seguinte não costuma ocorrer com tanta antecedência. Com isso, não há dados para comparar o ritmo atual de fixação antecipada com o de anos anteriores.

Para a safra atual, as usinas travaram o preço de exportação de mais de 80% do açúcar que será embarcado, segundo a Archer.
Fonte: Valor Econômico
Texto extraído do boletim SCA
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Mais Lidas