Este site utiliza cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência. Ao continuar navegando
você concorda com nossa política de privacidade. Política de Privacidade

Facebook
Instagram
Linkedin
Twitter
Youtube
Fale Conosco
Raízen vendeu 1,1 milhão de Certificados Internacionais de Energia Renovável em 2021/22
Publicado em 10/05/2022 às 08h46
Foto Notícia
A Raízen comercializou 1,154 milhão de Certificados Internacionais de Energia Renovável (I-RECs) no ano-safra 2021/22. Cada I-REC equivale a 1 megawatt (MW) de energia de fonte renovável comercializada no mercado voluntário. Foi a primeira temporada em que a companhia participou desse mercado.

No início do ano, cada I-REC era comercializado no Brasil por R$ 2, segundo Fernando Lopes, diretor do *Instituto Toum, em entrevista recente à agência especializada Argus Media.

Os certificados vendidos pela Raízen são procedentes de seis usinas certificadas - quatro de biomassa, uma solar e uma de biogás. A companhia também possui mais usinas térmicas de biomassa e pequenas centrais hidrelétricas que podem ser certificadas para emitir I---RECs. Em nota, a Raízen disse que pretende "se tornar a maior comercializadora de I-RECs do país".

Ela pode comercializar os certificados tanto para consumidores finais, que usam os I-REC para comprovar o atendimento de metas ambientais próprias, quanto para outras comercializadoras.

O Brasil é o segundo país que mais emite I-RECs no mundo, atrás da China. No ano passado, foram comercializados 9,5 milhões de certificados. No país, a única empresa que atualmente certifica e emite os I-RECs para as empresas é o Instituto Totum.
Fonte: Valor Econômico
Texto extraído do boletim SCA
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Mais Lidas