Este site utiliza cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência. Ao continuar navegando
você concorda com nossa política de privacidade. Política de Privacidade

Facebook
Instagram
Linkedin
Twitter
Youtube
Fale Conosco
Adido do USDA projeta safra 2022/23 de açúcar da Argentina em 1,71 milhão de t
Condições climáticas no país limitaram a produção na Argentina nos últimos dois anos
Publicado em 18/05/2022 às 17h12
Foto Notícia
A safra 2022/23 de açúcar da Argentina deve cair para 1,71 milhão de toneladas, ante 1,72 milhão de t do ciclo anterior, segundo relatório publicado pelo adido agrícola do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) em Buenos Aires.

As condições climáticas no país, impactadas pelo La Niña, com inverno severo no ano passado e verão seco e quente no início deste ano de 2022, limitaram a produção na Argentina nos últimos dois anos.

Em termos de demanda, a estimativa é que o consumo no país sul-americano some 1,48 milhão de t em 2022/23, sobre 1,47 milhão de t na temporada anterior. Ainda de acordo com o adido, a Argentina deve exportar 250 mil t do adoçante na nova temporada.

Em 2021/22, os embarques foram de 320 mil t.
Jhonatas Simião
Fonte: Notícias Agrícolas
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Mais Lidas