Este site utiliza cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência. Ao continuar navegando
você concorda com nossa política de privacidade. Política de Privacidade

Facebook
Instagram
Linkedin
Twitter
Youtube
Fale Conosco
Energia Renovável abastece 50% do consumo entre janeiro e abril
Publicado em 18/05/2022 às 15h28
Foto Notícia
O mês de abril, em Portugal Continental, foi normal em relação à temperatura e seco em relação à precipitação, segundo o boletim informativo Clima e Energia, divulgado pela Lisboa E-Nova, o boletim, relativo ao mês de abril de 2022, indica que o valor médio da temperatura média -- 13,38 ºC -, foi muito próximo do valor normal no período 1971-2000 (+0,23 ºC). Em relação à precipitação, o valor médio da quantidade de precipitação, 58,3 mm, foi inferior ao valor normal 1971-2000, correspondendo a 74% de ano médio. Em termos da quantidade de precipitação acumulada no ano hidrológico (de 1 de outubro 2021 a 30 de abril de 2022) o valor de 385 mm corresponde a 54 % do valor normal.

De acordo com o índice PDSI, no final do abril mantém-se a situação de seca meteorológica em todo o território, com diminuição da área em seca severa, estando agora grande parte do território (87%) na classe de seca moderada. A distribuição percentual por classes do índice PDSI no território é a seguinte: 8,5 % em seca fraca, 87,2 % em seca moderada e 4,3 % em seca severa, refere o boletim.

Abril mantém situação de disponibilidades inferiores à média

Os armazenamentos por bacia hidrográfica mantêm-se inferiores às médias de armazenamento de abril (1990/91 a 2020/21), exceto na bacia do Mondego. As situações críticas mantêm-se nas bacias do Lima, com armazenamento de 19% face à média de 76%; e Barlavento, com armazenamento de 15% face à média de 70% em abril.

Renováveis abastecem 50% do consumo entre janeiro e abril

Em março o consumo de eletricidade atingiu os 4009 GWh, que corresponde a um aumento homólogo de 7,1% (5,5% com correção de temperatura e dias úteis), superando ligeiramente o nível de consumo homólogo pré-pandemia (abril 2019).

Em abril registaram-se condições favoráveis para a produção eólica e fotovoltaica com os índices a registarem, respetivamente, 1,08 (média histórica igual a 1) e 1,10 (média histórica igual a 1). Nestas condições, a produção renovável abasteceu 54% do consumo, a não renovável 27% (maioritariamente gás natural), enquanto os restantes 19% foram abastecidos com recurso a importações.

Em termos acumulados, no período de janeiro a abril a produção renovável abasteceu 50% do consumo, repartida pela eólica com 28%, hidroelétrica com 12%, biomassa com 6% e fotovoltaica com 4%. A fotovoltaica, embora seja ainda a tecnologia menos representativa, continua a presentar crescimentos muito elevados, 73% face ao mesmo período do ano anterior. A produção a gás natural abasteceu 30% do consumo, enquanto os restantes 20% corresponderam ao saldo importador.

Abril com preço médio abaixo dos 200?/MWh

O preço médio aritmético da eletricidade produzida em abril ficou abaixo de 200 ?/MWh (192 ?/MWh), valor influenciado pela baixa de preços na semana da Páscoa, em que se registaram valores médios diários abaixo de 150 ?/MWh.

Preço das licenças mantém-se nos 80?

Após uma forte queda, com a cotação a baixar dos 60 ?/t em março, o mercado de licenças de emissão recuperou alguma estabilidade, com o preço do CO a fixar-se nos 84 ? no final de abril.
Fonte: Ambiente Magazine
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Mais Lidas