Este site utiliza cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência. Ao continuar navegando
você concorda com nossa política de privacidade. Política de Privacidade

Facebook
Instagram
Linkedin
Twitter
Youtube
Fale Conosco
Frio intenso continua e Marinha alerta para ventos fortes e mar agitado no Sul e SE
Cidade de Santa Catarina registrou -2,5°C nesta madrugada; Inmet emitiu alerta para risco à saúde devido às baixas temperaturas
Publicado em 18/05/2022 às 16h43
Nesta quarta-feira (18), a Marinha do Brasil, por meio da Capitania dos Portos do Rio de Janeiro, emitiu um alerta para ventos fortes e mar agitado nos próximos dois dias, por conta das más condições meteorológicas causadas pelo ciclone subtropical Yakecan.

"Espera-se a ocorrência, nas próximas 48h, de ventos muito fortes e mar muito grosso nas áreas marítimas adjacentes às costas das regiões Sul e Sudeste", escreveram.

A recomendação para todas as plataformas, terminais, clubes marítimos, colônias de pesca, marinas, instalações de apoio marítimo e entidades da comunidade marítima em geral é de que reforcem as medidas de segurança e estejam em condições de acionar os seus respectivos planos de contingência ou de emergência.

O ciclone Yakecan chegou à costa do Rio Grande do Sul na segunda-feira (16), e a previsão do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) é que ele passe por Santa Catarina e Paraná, além do sul do estado de São Paulo. Os ventos podem chegar a 100km/h.

Por isso, a Marinha alerta aos comandantes dos navios de grande porte, a realização de uma avaliação a respeito da necessidade de navegar nas áreas citadas durante o período, bem como o reforço das condições de amarração e fundeio.

Já para embarcações de menor porte, a recomendação é que não naveguem durante o período, além de buscarem por áreas bem abrigadas e, também, reforçar as condições de amarração e fundeio.

Rajadas de vento e baixas temperaturas

Durante a madrugada desta quarta-feira foram registradas temperaturas mínimas no Sul do país.

Em Bom Jardim da Serra (SC) os termômetros marcaram -2,5°C. Em São José dos Ausentes (RS), a temperatura ficou 0°C e em Cambará do Sul (RS), a mínima chegou a 1,7°C.

O Inmet registrou na terça-feira (17) no Rio Grande do Sul, ventos de 95,76 km/h. De acordo com o órgão, as rajadas devem perder intensidade no decorrer desta quarta-feira, por conta do deslocamento do Yakecan em direção a costa de Santa Catarina.

Contudo, o ciclone continua a impulsionar queda nas tempertaturas do país. Os avisos meteorológicos envolvem risco de chuvas intensas, ondas de frio, vendaval e baixas temperaturas.

Confira:

??#Avisos: Confira os avisos meteorológicos válidos para hoje (18) :

??Chuvas Intensas

?Onda de Frio

??Ventos Costeiros

? Queda de Temperatura

?Vendaval

Frio e os riscos à Saúde

Por conta do frio, o Inmet também emitiu um alerta de risco à saúde. Em um comunicado emitido na manhã desta quarta-feira, o órgão afirmou que as temperatura devem permanecer 5ºC abaixo da média pelo período de três a cinco dias.

De acordo com a publicação, 11 estados e o Distrito Federal estão na zona de perigo.

As áreas atingidas incluem parte de Rondônia, Mato Grosso e o DF. Todo estado Mato Grosso do Sul, bem como São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Goiás, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. A Defesa Civil do Distrito Federal emitiu alerta, em especial, para crianças, idosos e pessoas doentes.

As recomendações são para ingestão de líquidos; evitar locais totalmente fechados para evitar doenças respiratórias como gripe e Covid; agalhar-se bem, para proteção contra o vento gelado e risco de hipotermia.


*Com informações de Agência Brasil
Fonte: CNN Brasil
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Mais Lidas