Este site utiliza cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência. Ao continuar navegando
você concorda com nossa política de privacidade. Política de Privacidade

Facebook
Instagram
Linkedin
Twitter
Youtube
Fale Conosco
Gasto médio com fertilizantes para produção de soja e milho aumenta no PR e em MT
No caso dos sojicultores de MT, a alta com fertilizantes chegou em 93%; já os produtores de milho do Paraná sofreram com um aumento de 150%
Publicado em 18/05/2022 às 16h35
Foto Notícia
O Canal Rural conseguiu com exclusividade um levantamento realizado pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea/Esalq) em parceria com o Projeto Campo Futuro do Sistema CNA/Senar, que mostra a evolução da relação de troca -- o chamado custo operacional -- do milho e da soja nos estados do Paraná e Mato Grosso.

No levantamento, o Cepea também simulou os gastos médios com fertilizantes para a produção de soja e milho segunda safra.

No caso dos sojicultores de Mato Grosso, o custo com fertilizantes aumentou de 8,59 sacas por hectare para 16,63 sacas por hectare. Uma alta de 93%.

Já para os produtores do Paraná, os gastos representavam 6,69 sacas por hectare no ano passado e passaram para 13,25 sacas por hectare neste ano. Aumento de 98%.

Para o milho segunda safra de mato grosso, os custos com fertilizantes saíram de 11,2 sacas por hectare para 24,54 sacas por hectare. Uma alta de quase 120%.

Os gastos com o milho no Paraná subiram de 10,32 sacas por hectare para 26 sacas por hectare. O que representa um crescimento de 150%.

"O poder de compra foi reprimindo, sofrendo ajustes. Foi preciso aumentar a quantidade de soja e milho para ter os fertilizantes. Além disso, dentro do grupo de fertilizantes, temos o glifosato, que vem sofrendo forte ajuste durante o ano de 2021 e que reflete no total dessa elevação na quantidade de produtos agrícolas para fazer o fechamento da conta por hectare", diz Mauro Osaki, pesquisador da área de custos agrícolas do Cepea.
Fonte: Canal Rural
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Mais Lidas