Este site utiliza cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência. Ao continuar navegando
você concorda com nossa política de privacidade. Política de Privacidade

Facebook
Instagram
Linkedin
Twitter
Youtube
Fale Conosco
Chefe do FMI mostra otimismo de que fundos do G7 para Ucrânia podem evitar a hiperinflação
Publicado em 19/05/2022 às 14h02
A diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional, Kristalina Georgieva, disse nesta quinta-feira que está "mais otimista" de que um acordo do G7 para fornecer novo financiamento orçamentário à Ucrânia pode ser alcançado e pode ajudar o país a evitar a hiperinflação.

Georgieva disse, à margem de uma reunião dos ministros das Finanças e presidentes dos bancos centrais do G7, que a principal questão para o financiamento seria seu momento - evitar atrasos que possam empurrar o país para o financiamento monetário, em que seu banco central efetivamente financia o governo.

"Você sabe o que acontece se um país tiver que entrar no financiamento monetário. Uma guerra traz hiperinflação e depois danos terríveis, terríveis, que achamos que podemos evitar", disse Georgieva.
Reuters
Texto extraído do portal Investing.com
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Mais Lidas