Este site utiliza cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência. Ao continuar navegando
você concorda com nossa política de privacidade. Política de Privacidade

Facebook
Instagram
Linkedin
Twitter
Youtube
Fale Conosco
Exportações de soja e açúcar do Brasil recuam até 2ª semana de maio com menor oferta
Publicado em 19/05/2022 às 08h52
Foto Notícia
A média diária de exportações de soja atingiu 492,48 mil toneladas nas duas primeiras semanas de maio, um recuo contra os 712,67 mil embarcados ao dia no mesmo mês do ano passado, mostraram dados do governo federal nesta terça-feira, em momento de menor oferta disponível para embarque após quebra de safra.

Para o açúcar, os dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex) mostram uma redução ainda mais intensa no ritmo de vendas externas, diante de um início mais fraco na nova safra de cana, que começou em abril.

A média diária de embarques de açúcar alcançou 63,6 mil toneladas até a segunda semana de maio, ante 118,2 mil toneladas exportadas por dia no mesmo mês de 2021.

No caso da oleaginosa, a seca na região Sul diminuiu a produção nacional da temporada 2021/22 e os embarques do grão foram afetados. Já para o farelo de soja, o fornecimento foi mantido e as exportações estão maiores. Segundo a Secex, a média diária para o subproduto saiu de 86,3 mil toneladas em maio do ano passado para 105,12 mil por dia no acumulado deste mês.

Ainda na ponta positiva, as exportações de carne bovina tiveram média diária de 7,38 mil toneladas, acima da média de 6 mil por dia vista em maio do ano passado, com firme demanda do mercado internacional.
Fonte: Notícias Agrícolas
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Mais Lidas