Sexta-feira, 24 de novembro de 2017
:
EDITORIAS
Agência UDOP | Açúcar | Biodiesel | Cana-de-Açúcar | Combustíveis Fósseis | Diversas | Economia | Energia | Espaço Datagro
Etanol | Fórum de Articulistas | Investing.com | Investing.com Internacionais | Opinião | TV UDOP | Últimas Notícias
Diversas Aumentar a letra    Diminuir a letra
Biopneus: pneus de carro renováveis feitos de biomassa  

03/03/2017 - Uma nova tecnologia para produzir pneus de automóveis usando matérias-primas vegetais - árvores e gramíneas - promete virar a indústria em direção ao uso de recursos renováveis.

Os pneus de carro são vistos como ambientalmente hostis porque são predominantemente feitos de combustíveis fósseis e não há muito o que fazer com eles depois que chegam ao final de sua vida útil. Contudo, até hoje não existem materiais alternativos em termos de preço e desempenho.

A equipe que desenvolveu o novo processo afirma que os pneus de carro produzidos a partir da biomassa serão idênticos aos pneus atuais, com a mesma composição química, cor, forma e desempenho.

"Nossa equipe criou um novo processo químico para fazer isopreno, a molécula-chave nos pneus de carro, a partir de produtos naturais como árvores, gramíneas ou milho. Esta pesquisa poderá ter um grande impacto sobre a multibilionária indústria de pneus de automóveis," disse o professor Paul Dauenhauer, da Universidade de Minnesota, nos EUA.


Isopreno biológico


biopneus-04Hoje, o isopreno é produzido separando-se termicamente moléculas no petróleo que são semelhantes à gasolina, em um processo chamado craqueamento. O isopreno é então separado de centenas de outros produtos e purificado. No passo final, o composto é posto para reagir consigo mesmo, formando cadeias longas que originam um polímero sólido que é o componente principal dos pneus de automóvel.

O isopreno de biomassa, por sua vez, é fabricado a partir de açúcares extraídos de plantas como gramíneas, árvores ou milho, em um processo de três passos "hibridizado", o que significa que ele combina a fermentação biológica, usando microrganismos, com a refinação catalítica convencional, que é semelhante à tecnologia de refinação do petróleo.

O primeiro passo é a fermentação microbiana dos açúcares da biomassa, como a glicose, para se obter um composto intermediário, chamado ácido itacônico. No segundo passo, o ácido itacônico reage com hidrogênio, gerando um produto químico chamado metil-THF (tetrahidrofurano). Esta etapa foi otimizada quando a equipe identificou uma combinação metal-metal única que serviu como um catalisador altamente eficiente.

Mas o grande avanço tecnológico do processo está no terceiro passo, quando o metil-THF é desidratado para gerar o isopreno. Usando um catalisador recentemente descoberto, chamado P-SPP (pentasil autoempilhado fosfórico), a equipe foi capaz de demonstrar uma eficiência catalítica de até 90%, com a maior parte do produto catalítico sendo isopreno.

Combinando as três etapas em um processo, o isopreno renovável pode ser obtido de forma renovável a partir da biomassa.

A tecnologia foi patenteada e está disponível para licenciamento pela Universidade.

02/03/17
Fonte: Portal Lubes
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notícias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notícias Relacionadas
24/11/17 - Petrobras anuncia queda de 1,80% no preço da gasolina e de 0,50% no diesel
  - Grandes do petróleo brigam na China e azarão quer 2º lugar
  - Final de semana será de chuva em Brasília, Goiânia, sul de Minas e sul do Brasil
  - Condições são favoráveis ao desenvolvimento das lavouras
  - Safra mundial de milho deve recuar em 2017/18
  - Veja a previsão do tempo para este fim de semana em todo o Brasil
  - IEA avalia as perspectivas da safra internacional de Milho
  - Rússia segue como maior fornecedor de petróleo da China pelo 8° mês
  - Sauditas devem disputar mercado de petróleo após IPO da Aramco, diz JP Morgan
  - Agroconsult mantém estimativa de safra de soja do Brasil; reduz a de milho
  - Empresas da China, Índia e Irã conversam sobre refinaria de até US$10 bi no país
23/11/17 - Hidrogênio pode contribuir com 20% da meta de redução das emissões de CO2 até 2050
  - Milho: Redução da safrinha deve puxar preços em meados de 2018
22/11/17 - Ônibus de Londres rodarão com combustível de borra de café
  - Venda de carro usado sobe e entidade projeta falta de estoque
  - Como cidades brasileiras podem ser afetadas pelo derretimento das geleiras e aumento no nível do mar
21/11/17 - Milho: Chicago ainda não definiu um rumo para os negócios e futuros estão estáveis
20/11/17 - Dnit e Exército iniciam quarta etapa de pesquisa sobre rodovias brasileiras
  - Tesla pretende reinventar indústria dos caminhões com modelo elétrico
  - Volkswagen aprova plano de US$40 bi para avançar em carros elétricos
  - COP do Clima reafirma compromissos do passado e joga decisões para 2018
  - Brasil bate recorde de emissão de gases do efeito estufa
  - Prepare-se para a mudança do clima, pois ela já se tornou incontornável
16/11/17 - Defendido por Baldy, RenovaBio é apresentado no Congresso como Projeto de Lei
  - Brasil ganha ´prêmio Fóssil do Dia´ na Conferência do Clima da ONU por MP que propõe reduzir
  impostos do petróleo
10/11/17 - Setor de veículos ajuda a indústria e o comércio
08/11/17 - Anfeva: Produção de veículos sobe 42,2% em outubro ante outubro de 2016
07/11/17 - ANP: Preço do etanol cai em 16 estados e sobe em nove e no Distrito Federal
  - Etanol segue competitivo com gasolina em SP, MT, MG e GO há dez semanas
03/11/17 - Venda de veículos novos no Brasil sobe em outubro para 202,9 mil unidades
Para enviar a notícia, basta preencher o formulário abaixo.
Todos os campos são de preenchimento obrigatório!
 
Biopneus: pneus de carro renováveis feitos de biomassa
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatário:
E-mail destinatário:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentário:
 
Se não consegue ler a palavra, clique aqui.
Digite a palavra:
 
A UDOP

• Associadas
• Associe-se
• Estrutura Administrativa
• Nossa História
• Missão, Visão e Objetivos
• Medalha da Agroenergia
• Serviços Prestados
• Vídeo Institucional
• Apoio Cultural
• Contatos
Institucional

• Comitês de Gestão
• Convênios e Parcerias
• Legislação
• Sustentabilidade
UniUDOP

• A UniUDOP
• Agenda
• Aulas/Palestras
• Comitês de Gestão
• Congresso Nacional da Bioenergia
• Pós-Graduação
• Qualifica
• Seminário/Workshop
• Apoio Cultural
Imprensa

• Agência UDOP de Notícias
• Últimas Notícias
• Fórum de Articulistas
• Galerias de Fotos
• Mídias Sociais
• RSS
• TV UDOP
• Apoio Cultural
• Contatos
Dados de Mercado

• Boletins
• Comércio Exterior
• Consecana
• Cotações
• Indicador - Açúcar
• Indicador - Etanol
• Produção Brasileira
Serviços

• Biblioteca Virtual
• Bolsa de Empregos
• Bolsa de Negócios
• Calendário de Eventos
• Guia de Empresas
• Índice Pluviométrico
• Pesquisas UDOP
• Previsão do Tempo
• Usinas/Destilarias
Mapas

• Usinas/Destilarias
• Bacias Hidrográficas
UDOP - União dos Produtores de Bioenergia
Praça João Pessoa, 26 - Centro - 16.010-450 - Araçatuba/SP - tel/fax: +55 (18) 2103-0528

2012 - Todos os direitos reservados
Desenvolvimento:
/