Sexta-feira, 26 de maio de 2017
:
EDITORIAS
Agência UDOP | Açúcar | Biodiesel | Cana-de-Açúcar | Com a palavra... | Combustíveis Fósseis | Diversas | Economia
Energia | Espaço Datagro | Etanol | Investing.com | Investing.com Internacionais | Opinião | TV UDOP | Últimas Notícias
Economia Aumentar a letra    Diminuir a letra
Pátria vence leilão de rodovias Centro Oeste Paulista, com ágio de 131%  

10/03/2017 - O fundo de investimento Pátria Infraestrutura III venceu nesta sexta-feira o leilão de rodovias Centro Oeste Paulista, com uma oferta 917,2 milhões de reais relativa à primeira parcela da outorga, o que representa um ágio de 130,9 por cento, marcando sua estreia no segmento de estradas. O leilão envolveu a concessão por 30 anos de 570 quilômetros de rodovias que cortam o Estado de São Paulo conectando Paraná e Minas Gerais. O grupo vencedor terá que investir 3,9 bilhões de reais no projeto, dos quais 2,1 bilhões nos oito primeiros anos de concessão. O valor mínimo da outorga era de 794,5 milhões de reais. Venceria o leilão o maior valor ofertado pela primeira parcela, de 397,25 milhões de reais. A segunda parcela da outorga, também 397,25 milhões de reais, deverá ser paga em 2018, sujeita a algumas condições que incluem a devolução de trecho atualmente operado pela concessionária ViaNorte, controlado pelo grupo Arteris ARTR3.SA, e cuja concessão vence em março de 2018. Desse modo, o valor total de outorga a ser pago pelo Pátria alcançará 1,3 bilhão de reais. "Concluímos que seria uma excelente porta de entrada para estrearmos neste setor", disse em comunicado à imprensa Felipe Pinto, da área de infraestrutura do Pátria Investimentos.

Com o lote de rodovias, o Pátria criará uma nova empresa para administrar os ativos. A gestora poderá ainda participar do próximo leilão de rodovias paulistas, marcado para 25 de abril e que envolverá 720 quilômetros de trechos conhecidos no conjunto com Rodovias dos Calçados. Este leilão prevê investimentos de 5 bilhões de reais em 30 anos de concessão e corre em paralelo, também formando um corredor ligando Paraná e Minas Gerais através de São Paulo. O valor mínimo de outorga relativo à primeira de duas parcelas será de 225 milhões de reais. No ano passado, o Pátria Investimentos arrematou dois lotes nos leilões de transmissão de energia da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), dando origem à Argo Energia, com investimentos de 2,5 bilhões de reais em ativos de transmissão. A oferta do Pátria superou o lance da outra participante do leilão, a empresa de concessões de infraestrutura Ecorodovias, de 611 milhões de reais. Os papéis da Ecorodovias aceleraram os ganhos após o resultado e avançavam cerca de 5 por cento por volta das 13h. Representantes da Ecorodovias não se manifestaram após o leilão. Também presente na disputa, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, avaliou que o leilão foi "uma grande prova de confiança na economia brasileira". O governador afirmou que o valor de pedágio no trecho atualmente administrado pela concessionária da Arteris cairá cerca de 19 por cento quando o gestor a ser escolhido pelo Pátria começar a operar o trecho a partir de março de 2018. Para o restante das rodovias, a expectativa é que o Patria assuma até junho deste ano. Segundo dados do governo paulista, a Rodovia do Centro-Oeste Paulista conta 88 mil veículos equivalentes por dia, dos quais 75 por cento veículos de passageiros e o restante comerciais. A expectativa de receita total informada é de 6,3 bilhões de dólares em valores atuais ao longo dos 30 anos de concessão, uma média de 210 milhões de dólares por ano.

O trecho concessionado nesta sexta-feira possui quatro praças de pedágio atualmente, todas sob administração da ViaNorte. O Pátria poderá instalar mais quatro praças ao longo do projeto.

O diretor geral da agência de rodovias de São Paulo (Artesp), Giovanni Pengue Filho, afirmou que um total de 140 grupos se cadastraram para a sala de dados da Rodovias Centro Oeste Paulista. Ele explicou que muitos grupos internacionais interessados no leilão não conseguiram finalizar a tempo a documentação para participar do leilão desta sexta-feira, mas que deverão ter condições de participar da disputa de 25 de abril, pela Rodovias dos Calçados.

"Vários grupos internacionais estão sinalizando interesse, o que pode implicar em um ágio até maior (para o próximo leilão)", disse Pengue Filho. Segundo ele, o interesse inclui grupos de países como Itália, Espanha, França, China, Coreia do Sul, Portugal e Oriente Médio. Até agora 80 grupos se cadastraram para acessar a sala de dados da Rodovias dos Calçados, disse Pengue Filho.

A Rodovias dos Calçados têm média de 115 mil veículos equivalentes por dia, dos quais 73 por cento são de passageiros e o restante, comerciais. A estimativa de receita total de pedágio é de 7 bilhões de dólares, uma média de 235 milhões por ano.

Alberto Alerigi Jr.
Fonte: Reuters
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notícias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notícias Relacionadas
26/05/17 - Meirelles diz que há aumento do poder de compra da população de 3% no 1º tri
  - Contas do setor público têm superávit de R$ 12,9 bilhões em abril
  - Fipe reduz previsão de IPC de maio de 0,16% para 0,05%
  - Milho: Produtividade não cobre os custos da lavoura no MS
  - País entrará em 2018 com ritmo anualizado de crescimento de 3,2%, diz Meirelles
  - Mais brasileiros estão tirando o dinheiro da poupança para pagar despesas
  - Dólar tem leve queda ante real, com cautela diante do quadro político
  - Mais de 8 mil vagas de trabalho foram abertas no mês passado no Estado
  - PLD cai 75% no Sudeste, Sul e Norte e fica em R$ 118,77/ MWh
  - Maior usina solar flutuante do mundo começa a gerar energia
  - CCEE indica redução no consumo de energia em maio
25/05/17 - ANTT aprova redução na tarifa básica de pedágio da BR-101/BA/ES
24/05/17 - Exportações do agro paulista crescem 3,9% no 1º. quadrimestre
22/05/17 - EPL recebe licença ambiental de estrada de mil quilômetros
  - CNA constata baixo uso e ineficiência de ferrovias, hidrovias e rodovias
  - ADM conclui investimento de US$85 mi no porto de Santos; amplia capacidade no Pará
  - Porto de Paranaguá recebe 7 mil toneladas de trilhos de trem
18/05/17 - Governo acena com pavimentação da BR-163 no Pará
17/05/17 - Estradas ruins encarecem em 30,5% escoamento da safra
16/05/17 - Portos devem receber R$ 23 bi de investimentos após novo decreto
Para enviar a notícia, basta preencher o formulário abaixo.
Todos os campos são de preenchimento obrigatório!
 
Pátria vence leilão de rodovias Centro Oeste Paulista, com ágio de 131%
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatário:
E-mail destinatário:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentário:
 
Se não consegue ler a palavra, clique aqui.
Digite a palavra:
 
A UDOP

• Associadas
• Associe-se
• Estrutura Administrativa
• Nossa História
• Missão, Visão e Objetivos
• Medalha da Agroenergia
• Serviços Prestados
• Vídeo Institucional
• Apoio Cultural
• Contatos
Institucional

• Comitês de Gestão
• Convênios e Parcerias
• Legislação
• Sustentabilidade
UniUDOP

• A UniUDOP
• Agenda
• Aulas/Palestras
• Comitês de Gestão
• Congresso Nacional da Bioenergia
• Pós-Graduação
• Qualifica
• Seminário/Workshop
• Apoio Cultural
Imprensa

• Agência UDOP de Notícias
• Últimas Notícias
• Galerias de Fotos
• Mídias Sociais
• RSS
• TV UDOP
• Apoio Cultural
• Contatos
Dados de Mercado

• Boletins
• Comércio Exterior
• Consecana
• Cotações
• Indicador - Açúcar
• Indicador - Etanol
• Produção Brasileira
Serviços

• Biblioteca Virtual
• Bolsa de Empregos
• Bolsa de Negócios
• Calendário de Eventos
• Guia de Empresas
• Índice Pluviométrico
• Pesquisas UDOP
• Previsão do Tempo
• Usinas/Destilarias
Mapas

• Usinas/Destilarias
• Bacias Hidrográficas
UDOP - União dos Produtores de Bioenergia
Praça João Pessoa, 26 - Centro - 16.010-450 - Araçatuba/SP - tel/fax: +55 (18) 2103-0528

2012 - Todos os direitos reservados
Desenvolvimento:
/