Sexta-feira, 23 de junho de 2017
:
EDITORIAS
Agência UDOP | Açúcar | Biodiesel | Cana-de-Açúcar | Combustíveis Fósseis | Diversas | Economia | Energia | Espaço Datagro
Etanol | Fórum de Articulistas | Investing.com | Investing.com Internacionais | Opinião | TV UDOP | Últimas Notícias
Agência UDOP Aumentar a letra    Diminuir a letra
Açúcar encerrara a semana valorizado no mercado internacional  

13/03/2017 - Depois de uma sequência de quedas, os preços do açúcar terminaram a semana valorizados na bolsa de Nova York em todas as telas, na última sexta-feira (10). No vencimento maio/17, a commodity subiu 22 pontos e foi cotada a 18,22 centavos de dólar por libra-peso. Na tela julho/17, o preço ficou em 18,19 centavos de dólar por libra-peso, alta de 17 pontos no comparativo com a sessão anterior.

Esse nível de preço foi previsto pelo Diretor da Archer Consulting, Arnaldo Luiz Corrêa há algumas semanas em seu comentário semanal. "O que nos surpreende é a velocidade com a qual o mercado mergulhou de cabeça abaixo dos 18 centavos de dólar por libra-peso. Desde o pico de 23.90 centavos de dólar por libra-peso negociado em outubro passado, o mercado despencou 25%", explicou Corrêa.

"Os números, sempre de difícil digestão, que vem da Índia trazem enorme volatilidade ao mercado e assim continuarão por muito tempo. O argumento principal é a dificuldade, por parte da maioria dos traders, em acessar os números daquele país. Despejam-se dados ao vento como se fossem axiomas intocáveis e a não validação óbvia dessas previsões injeta mais volatilidade aos preços (a volatilidade das opções subiu esta semana)", argumenta o diretor.

Arnaldo ainda prevê, pelo histórico de preços dos últimos anos, mais quedas no mercado de açúcar entre abril e junho deste ano. "Existe chance de os preços no período abril-junho atingirem 16-17 centavos de dólar por libra-peso? Absolutamente, sim. No entanto, para que isso não ocorra, alguns fatores baixistas teriam de ser eliminados tais como a safra no Centro-Sul maior do que 600 milhões de toneladas de cana, o petróleo abaixo de 50 dólares por barril, o aumento dos juros americanos que pressionam os ativos de risco. Está fácil ser altista, não é mesmo?".


Londres

Em Londres, os preços também tiveram valorização na última sexta-feira. No vencimento maio/17, os negócios foram firmados em US$ 512,40 a tonelada, alta de 2,50 dólares. No lote agosto/17, ela foi cotada a US$ 504,80 e subiu 2,60 dólares. As demais telas também registraram alta.


Mercado Interno

No mercado interno, o açúcar cristal voltou a cair, registrando a quarta queda consecutiva da commodity. Os negócios foram firmados em R$ 78,36 a saca de 50 quilos, desvalorização de 0,51%, segundo o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea/Esalq), da USP.

Camila Lemos
Fonte: Agência UDOP de Notícias
Copyright© 2008 - UDOP.
Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução, desde que citada a fonte.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notícias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notícias Relacionadas
23/06/17 - Tempo seco favorece colheita do milho
  - Ar seco predomina no primeiro fim de semana de inverno
  - Preços do açúcar têm nova queda brusca e rompem barreira dos 13 cts/lb
  - Dólar tem leve alta e encosta em R$3,34, atento ao cenário político
22/06/17 - China vai fechar o cerco contra contrabando de açúcar; commodity cai mais de 50 pts em NY
  - Governo da China eleva fiscalização para conter contrabando de açúcar
  - BC prevê PIB de quase 2 dígitos no agronegócio, mas vê força concentrada
  - Equipe econômica reduz previsão para o PIB em 2017
  - Bayer lança novo herbicida para manejo de plantas daninhas
  - Dólar fica estável ante real, ainda monitorando quadro político
  - Colheita de café, cana e milho deve acelerar com tempo seco
21/06/17 - Dólar fecha praticamente estável ante real, com cautela diante de risco político
  - Soja recua em Chicago e segue tendência de outras commodities, inclusive petróleo, que fechou no
  menor nível em 10 meses
  - Setor sucroenergético coloca 8 cidades da região de Ribeirão Preto entre as que mais geram empregos
  no país
19/06/17 - Reformas mostram resultados positivos, diz presidente do Banco Central
16/06/17 - Em Chicago, milho inicia pregão desta 6ª feira com ligeiras desvalorizações, próximo da estabilidade
  - Trem carregado com açúcar descarrila no centro de Catanduva
  - Desconectadas, ferrovias brasileiras apresentam baixa rentabilidade, dizem chineses
Para enviar a notícia, basta preencher o formulário abaixo.
Todos os campos são de preenchimento obrigatório!
 
Açúcar encerrara a semana valorizado no mercado internacional
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatário:
E-mail destinatário:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentário:
 
Se não consegue ler a palavra, clique aqui.
Digite a palavra:
 
A UDOP

• Associadas
• Associe-se
• Estrutura Administrativa
• Nossa História
• Missão, Visão e Objetivos
• Medalha da Agroenergia
• Serviços Prestados
• Vídeo Institucional
• Apoio Cultural
• Contatos
Institucional

• Comitês de Gestão
• Convênios e Parcerias
• Legislação
• Sustentabilidade
UniUDOP

• A UniUDOP
• Agenda
• Aulas/Palestras
• Comitês de Gestão
• Congresso Nacional da Bioenergia
• Pós-Graduação
• Qualifica
• Seminário/Workshop
• Apoio Cultural
Imprensa

• Agência UDOP de Notícias
• Últimas Notícias
• Fórum de Articulistas
• Galerias de Fotos
• Mídias Sociais
• RSS
• TV UDOP
• Apoio Cultural
• Contatos
Dados de Mercado

• Boletins
• Comércio Exterior
• Consecana
• Cotações
• Indicador - Açúcar
• Indicador - Etanol
• Produção Brasileira
Serviços

• Biblioteca Virtual
• Bolsa de Empregos
• Bolsa de Negócios
• Calendário de Eventos
• Guia de Empresas
• Índice Pluviométrico
• Pesquisas UDOP
• Previsão do Tempo
• Usinas/Destilarias
Mapas

• Usinas/Destilarias
• Bacias Hidrográficas
UDOP - União dos Produtores de Bioenergia
Praça João Pessoa, 26 - Centro - 16.010-450 - Araçatuba/SP - tel/fax: +55 (18) 2103-0528

2012 - Todos os direitos reservados
Desenvolvimento:
/