Sábado, 20 de janeiro de 2018
:
EDITORIAS
Agência UDOP | Açúcar | Biodiesel | Cana-de-Açúcar | Combustíveis Fósseis | Diversas | Economia | Energia | Espaço Datagro
Etanol | Fórum de Articulistas | Investing.com | Investing.com Internacionais | Opinião | TV UDOP | Últimas Notícias
Combustíveis Fósseis Aumentar a letra    Diminuir a letra
Petróleo se recupera após AIE mostrar queda na oferta global  

13/09/2017 - Os futuros de petróleo operam em alta nesta manhã, revertendo perdas da madrugada, em meio a novos sinais de aperto na oferta da commodity e de avanço mais robusto da demanda.

Em relatório mensal divulgado hoje, a Agência Internacional de Energia (AIE) estimou que a oferta mundial de petróleo diminuiu 720 mil barris por dia (bpd) no mês passado em relação a julho, a 97,7 milhões de bpd. A queda, a primeira em quatro meses, foi atribuída à passagem do furacão Harvey pelos EUA, à menor produção da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) e a operações de manutenção típicas do verão no Hemisfério Norte.

A AIE também voltou a elevar sua projeção para o crescimento da demanda global por petróleo em 2017, de 1,5 milhão de bpd para 1,6 milhão de bpd.

Além disso, a AIE calculou que os estoques comerciais da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) ficaram estáveis em julho ante o mês anterior, a 3,016 bilhões de barris, mas ainda 190 milhões de barris acima da meta da Opep, de atingir a média dos últimos cinco anos.

"A mensagem geral da AIE é construtiva por enquanto, eles têm (previsão de) crescimento muito forte na demanda por petróleo", comentou Bjarne Schieldrop, analista-chefe de commodities da SEB Markets. "Se observarmos os números deles de março a julho, os estoques da OCDE, levando-se em conta a sazonalidade, estão caindo."

Às 7h56 (de Brasília), o barril do petróleo tipo Brent para novembro subia 0,72% na IntercontinentalExchange (ICE), a US$ 54,66, enquanto o do WTI para outubro avançava 0,93% na New York Mercantile Exchange (Nymex), a US$ 48,68.

No fim da tarde de ontem, a associação de refinarias conhecida como American Petroleum Institute (API) estimou que o volume de petróleo bruto estocado nos EUA registrou expansão de 6,2 milhões de barris na última semana, mas também apontou reduções nos estoques de gasolina, de 7,9 milhões de barris, e de destilados, de 1,8 milhão de barris.

Nesta manhã, às 11h30 (de Brasília), sai o levantamento oficial sobre estoques dos EUA, elaborado pelo Departamento de Energia (DoE, na sigla em inglês). Neste caso, analistas preveem que a pesquisa mostrará alta de 3,7 milhões de barris no estoques de petróleo bruto da semana passada, em razão da desaceleração da demanda que veio com interrupções em atividades de refino causadas pelo Harvey.

Fonte: Dow Jones Newswires
Texto extraído da revista Isto É Dinheiro
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notícias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notícias Relacionadas
19/01/18 - Liquidações financeiras de energia nuclear e cotas somam R$ 839,5 mi, diz CCEE
  - Arábia Saudita eleva exportação de refinados para compensar cortes em petróleo
  - Movimento do comércio sobe 1,5% em 2017, revela Boa Vista SCPC
  - Taxas futuras de juros recuam com dólar
  - Confiança da indústria cresce pelo 6º mês e é a melhor desde abril de 2011
  - Petrobras reduzirá preços do diesel e elevará os da gasolina a partir de sábado
  - IEA vê mercado de petróleo apertado com crise na Venezuela
  - Portos Gaúchos registram recorde de movimentação em 2017
  - Preço do gás para indústria e comércio já acumula alta de 34%
  - Dólar recua em meio à espera de votação no Senado dos EUA
  - Produção de petróleo dos EUA deve ultrapassar a da Arábia Saudita em 2018
  - Produção de açúcar da Índia faz preços da commodity caírem em Nova York
  - Petrobras: Gasolina sobe 0,7% e diesel cai 0,6% amanhã
  - Decisão sobre acordo com Opep pode vir entre maio e junho, diz vice-primeiro-ministro russo
18/01/18 - Agronegócio brasileiro fecha 2017 rindo à toa
  - Custos industriais pressionam a competitividade
  - Pedidos de auxílio-desemprego nos EUA caem para mínima de 45 anos
  - Produção de petróleo da Venezuela cai para mínima em 28 anos em meio a crise
Para enviar a notícia, basta preencher o formulário abaixo.
Todos os campos são de preenchimento obrigatório!
 
Petróleo se recupera após AIE mostrar queda na oferta global
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatário:
E-mail destinatário:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentário:
 
 
A UDOP

• Associadas
• Associe-se
• Estrutura Administrativa
• Nossa História
• Missão, Visão e Objetivos
• Medalha da Agroenergia
• Serviços Prestados
• Vídeo Institucional
• Apoio Cultural
• Contatos
Institucional

• Comitês de Gestão
• Convênios e Parcerias
• Legislação
• Sustentabilidade
UniUDOP

• A UniUDOP
• Agenda
• Aulas/Palestras
• Comitês de Gestão
• Congresso Nacional da Bioenergia
• Pós-Graduação
• Qualifica
• Seminário/Workshop
• Apoio Cultural
Imprensa

• Agência UDOP de Notícias
• Últimas Notícias
• Fórum de Articulistas
• Galerias de Fotos
• Mídias Sociais
• RSS
• TV UDOP
• Apoio Cultural
• Contatos
Dados de Mercado

• Boletins
• Comércio Exterior
• Consecana
• Cotações
• Indicador - Açúcar
• Indicador - Etanol
• Produção Brasileira
Serviços

• Biblioteca Virtual
• Bolsa de Empregos
• Bolsa de Negócios
• Calendário de Eventos
• Guia de Empresas
• Índice Pluviométrico
• Pesquisas UDOP
• Previsão do Tempo
• Usinas/Destilarias
Mapas

• Usinas/Destilarias
• Bacias Hidrográficas
UDOP - União dos Produtores de Bioenergia
Praça João Pessoa, 26 - Centro - 16.010-450 - Araçatuba/SP - tel/fax: +55 (18) 2103-0528

2012 - Todos os direitos reservados
Desenvolvimento:
/