Sexta-feira, 17 de novembro de 2017
:
EDITORIAS
Agência UDOP | Açúcar | Biodiesel | Cana-de-Açúcar | Combustíveis Fósseis | Diversas | Economia | Energia | Espaço Datagro
Etanol | Fórum de Articulistas | Investing.com | Investing.com Internacionais | Opinião | TV UDOP | Últimas Notícias
Diversas Aumentar a letra    Diminuir a letra
Capacidade de estoque de grãos do país é de 168 milhões de toneladas  

09/11/2017 - A capacidade total de estoque de produtos agrícolas do país fechou o primeiro semestre em 168 milhões, mostrando estabilidade em relação ao trimestre imediatamente anterior, mas o volume estocado de janeiro e junho deste ano ficou em 58,7.

Os dados foram divulgados hoje (9), no Rio de Janeiro, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e indicam que a soja representou o maior volume estocado (34,9 milhões de toneladas), seguida pelos estoques de milho (13 milhões), arroz (4,9 milhões), trigo (2,4 milhões) e o café (898,4 mil).

Já o número de estabelecimentos ativos existentes no primeiro semestre do ano caiu 0,1%. Neste primeiro semestre, o total de estabelecimentos era de 7.821, contra 7.829 existentes no segundo semestre de 2016.

A Região Nordeste foi a única que teve acréscimo no número de estabelecimentos ativos, registrando alta de 6,5% em relação ao último trimestre de 2016, enquanto a Região Norte teve o maior recuo (4,1%), entre um período e outro.

A Pesquisa de Estoque 2017 do IBGE indica, também, a predominância dos silos na rede armazenadora do país, com capacidade para guardar no primeiro semestre do ano 79,2 milhões de toneladas, um crescimento de 2,5% em relação ao segundo semestre do ano passado; seguido dos graneleiros e granelizados que fecharam o semestre com capacidade útil de armazenamento de 63 milhões de toneladas - neste caso anotando queda de 1,9% sobre os últimos seis meses do ano passado.


Produtos têm alta no estoque


Cinco principais produtos apresentam alta no estoque, com destaque para a soja cujo número representou o maior volume (34,9 milhões de toneladas); seguido pelo estoque de milho (13 milhões); arroz (4,9 milhões); trigo (2,4 milhões); e café (898,4 mil toneladas). Juntos, estes produtos representam 95,5% da massa de grãos estocada entre os produtos monitorados pela pesquisa.

O IBGE informou, que em junho, a safra de soja se encontrava praticamente colhida em sua totalidade, com a produção recorde estimada em 115,1 milhões de toneladas, um acréscimo de 19,5% em relação ao ano anterior. Segundo o instituto, "a produção foi favorecida pelas ótimas condições climáticas desde o plantio até a colheita".

O levantamento indicou ainda que o milho colhido até 30 de junho havia alcançado 97,7 milhões de toneladas, valor 53,5% maior do que o registrado no mesmo período de 2016, enquanto os estoques apresentavam 13 milhões de toneladas.

Para Adriana Mendes, gerente da pesquisa, "as boas condições climáticas favoreceram a obtenção de safras elevadas de grãos não só de milho como também de soja". A alta nos estoques também é explicada, segundo ela, pela lógica de produção do mercado. "De maneira geral, parte das safras é comercializada de modo antecipado para financiar a aquisição de insumos e o processo produtivo".

Com um crescimento de 55,2% em relação ao último trimestre do ano passado, os estoques de trigo totalizaram nos primeiros seis meses deste ano 2,4 milhões de toneladas. O aumento na quantidade de trigo armazenado entre os dois semestres, segundo o IBGE, é decorrência do volume da produção de 6,8 milhões de toneladas relativas à safra anterior, aliada ao aumento de 11,9% nas importações no primeiro semestre deste ano e à redução no ritmo de processamento dos moinhos.

A excelente safra deste ano, batendo todos os recordes de produção de cereais, leguminosas e oleaginosas, como demonstram as previsões do Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA), do IBGE - também determinou um crescimento de 29,4% nos estoques de arroz em casca, em comparação com a data de referência de 2016. Em junho, a safra de 2017 já se encontrava colhida e as estimativas apontavam para um aumento de 16,2% na produção.

Também os números relativos ao café estocado foram favoráveis e indicam que a quantidade aumentou em 7,3% em comparação com a último semestre do ano passado. Em 30 de junho de 2017, estavam armazenadas 898,4 mil toneladas.

Nielmar de Oliveira com edição de Kleber Sampaio
Fonte: Agência Brasil - ABr
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notícias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notícias Relacionadas
17/11/17 - Clube da Cana reúne setor sucroenergético para planejar o futuro da produção no País
  - Previsão de mais chuvas reduz custo de operação do sistema elétrico
  - CBOT: Mercado de grãos tende a abrir em alta; soja monitora demanda e clima
  - Soja testa leves altas na Bolsa de Chicago nesta manhã de 6ª feira
  - País adota compromisso por biocombustíveis
  - Próxima safra de cana deve ser 4,2% inferior
  - Economia brasileira vive período de desinflação e recuperação, diz Goldfajn
  - Chuva favorece pastagem pelo Brasil
  - Leilão da ferrovia Norte-Sul deve ocorrer somente no segundo trimestre de 2018, diz fonte
  - Cresce a confiança do consumidor, indica pesquisa do SPC e CDNL
  - 20 países planejam abandonar o uso do carvão até 2030
16/11/17 - Chuva provoca redução da safra de grãos
  - Safra de grãos pode sofrer queda de 9% em 2018 no país
  - Clima favorece safra 2017/18
  - CBOT: Soja tende a abrir em baixa com queda na exportação; milho e trigo podem subir
14/11/17 - Usinas de MG fecham 17/18 processando mais 3 mi/t, ATR "expressivo" de 145 kg/t de cana e com folga
  para produzir mais etanol
13/11/17 - Etanol: Venda total sobe 15,21% em outubro; mercado interno cresce 11%
  - São Martinho deve encerrar moagem de cana em dezembro; vê maior volume de produtos
Para enviar a notícia, basta preencher o formulário abaixo.
Todos os campos são de preenchimento obrigatório!
 
Capacidade de estoque de grãos do país é de 168 milhões de toneladas
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatário:
E-mail destinatário:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentário:
 
Se não consegue ler a palavra, clique aqui.
Digite a palavra:
 
A UDOP

• Associadas
• Associe-se
• Estrutura Administrativa
• Nossa História
• Missão, Visão e Objetivos
• Medalha da Agroenergia
• Serviços Prestados
• Vídeo Institucional
• Apoio Cultural
• Contatos
Institucional

• Comitês de Gestão
• Convênios e Parcerias
• Legislação
• Sustentabilidade
UniUDOP

• A UniUDOP
• Agenda
• Aulas/Palestras
• Comitês de Gestão
• Congresso Nacional da Bioenergia
• Pós-Graduação
• Qualifica
• Seminário/Workshop
• Apoio Cultural
Imprensa

• Agência UDOP de Notícias
• Últimas Notícias
• Fórum de Articulistas
• Galerias de Fotos
• Mídias Sociais
• RSS
• TV UDOP
• Apoio Cultural
• Contatos
Dados de Mercado

• Boletins
• Comércio Exterior
• Consecana
• Cotações
• Indicador - Açúcar
• Indicador - Etanol
• Produção Brasileira
Serviços

• Biblioteca Virtual
• Bolsa de Empregos
• Bolsa de Negócios
• Calendário de Eventos
• Guia de Empresas
• Índice Pluviométrico
• Pesquisas UDOP
• Previsão do Tempo
• Usinas/Destilarias
Mapas

• Usinas/Destilarias
• Bacias Hidrográficas
UDOP - União dos Produtores de Bioenergia
Praça João Pessoa, 26 - Centro - 16.010-450 - Araçatuba/SP - tel/fax: +55 (18) 2103-0528

2012 - Todos os direitos reservados
Desenvolvimento:
/