Segunda-feira, 22 de janeiro de 2018
:
EDITORIAS
Agência UDOP | Açúcar | Biodiesel | Cana-de-Açúcar | Combustíveis Fósseis | Diversas | Economia | Energia | Espaço Datagro
Etanol | Fórum de Articulistas | Investing.com | Investing.com Internacionais | Opinião | TV UDOP | Últimas Notícias
Cana-de-açúcar Aumentar a letra    Diminuir a letra
Setor de açúcar e etanol pode ter movimento de consolidação "como jamais visto"  

10/11/2017 - O setor de açúcar e etanol está próximo de passar por um dos momentos mais marcantes de sua história recente: um forte movimento de consolidação para os próximos meses. Essa movimentação depende da efetivação do RenovaBio, um programa de incentivo aos biocombustíveis lançado no final do ano passado pelo Governo Federal, mas que ainda permanece parado no Ministério da Casa Civil desde agosto.

"Se o RenovaBio emplacar, eu não tenho a menor dúvida de que vamos ter um movimento de consolidação no setor de açúcar e etanol como jamais visto", afirmou Alexandre Figliolino, sócio da consultoria MB Agro, durante o evento Agrifinance Brazil.

O RenovaBio tem como objetivo expandir a produção de biocombustíveis do Brasil adotando regras previsíveis e em linha com a sustentabilidade econômica, social e ambiental. A ideia é que o programa também contribua para o Brasil alcançar as metas de redução nas emissões de gases de efeito estufa.

De acordo com Figliolino, as condições intrínsecas para a consolidação do setor estão dadas, mas as fusões e aquisições ainda não ocorrem por conta de um nível de incertezas muito elevado. O setor atravessa cinco anos de estagnação, refletindo um período de forte intervenção governamental, como o congelamento dos preços da gasolina a níveis baixos, o que impactou os números do setor para a produção de etanol.

O sócio da MB Agro lembra que o setor sucroenergético apresenta uma "disparidade enorme" em termos de eficiência das usinas, dando abertura a um cenário no qual os participantes mais eficientes podem liderar um forte movimento de consolidação. É essa pulverização do setor, acrescenta, que faz com que o Brasil não consiga ditar os preços no mercado internacional de açúcar, embora seja o líder mundial na comercialização da commodity.

O otimismo de Figliolino com o RenovaBio também é compartilhado por Guilherme Nastari, diretor da consultoria agrícola independente Datagro. Ele sugeriu que a aprovação do RenovaBio pode ser o gatilho necessário para a próxima grande onda de produção do setor, para um salto significativo nos próximos anos. "Estamos muito próximos de conseguir assinar o RenovaBio", comemora.

Por enquanto, o que tem sido observado no setor sucroenergético é o que Figliolino chama de "consolidação silenciosa", ou seja, apenas pequenos movimentos de aquisição, no qual as usinas assumem canaviais de produtores vizinhos.

Caso a aprovação do RenovaBio realmente seja anunciada, os reflexos podem chegar até mesmo ao mercado acionário. Mais cedo, o diretor financeiro do Grupo São Martinho, Felipe Vicchiato, também comentou o assunto e sugeriu que a novidade pode, também, incentivar para que mais empresas do setor busquem a listagem na Bolsa.

08/11/17
Fernando Ladeira
Fonte: InfoMoney
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notícias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notícias Relacionadas
19/01/18 - Afetada por chuvas e geada, safra de cana 17/18 em MS deve ser no mesmo patamar da anterior, diz
  Biosul
  - Produção de açúcar da Índia faz preços da commodity caírem em Nova York
  - Movimento do comércio sobe 1,5% em 2017, revela Boa Vista SCPC
  - Dólar recua em meio à espera de votação no Senado dos EUA
  - Taxas futuras de juros recuam com dólar
  - Confiança da indústria cresce pelo 6º mês e é a melhor desde abril de 2011
  - Preços do etanol no Brasil em alta abrem janela para importação dos EUA
  - Disponibilidade de turbinas de Itaipu chegou a 97,10% em 2017
  - Liquidações financeiras de energia nuclear e cotas somam R$ 839,5 mi, diz CCEE
  - Esqueça petróleo: Sauditas miram energia renovável na Am. Latina
  - Índice de investimentos de empresas caiu 0,7% de outubro para novembro, diz Ipea
  - Arábia Saudita eleva exportação de refinados para compensar cortes em petróleo
  - Indústria de açúcar da Índia eleva estimativa de produção em 4%, para 26,1 mi t
  - Preço do gás para indústria e comércio já acumula alta de 34%
18/01/18 - Açúcar e fruta alavancaram o agronegócio em Pernambuco
  - Açúcar: preços seguem em queda no mercado externo e interno
  - Agricultura: Maggi só reverá tarifa sobre etanol se estudo mostrar que medida não se justifica
  - Produtor reage à isenção do etanol americano
  - ISMA eleva previsão de safra 2017/18 para 26,1 mi/t (+4% ante projeção anterior)
Para enviar a notícia, basta preencher o formulário abaixo.
Todos os campos são de preenchimento obrigatório!
 
Setor de açúcar e etanol pode ter movimento de consolidação "como jamais visto"
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatário:
E-mail destinatário:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentário:
 
 
A UDOP

• Associadas
• Associe-se
• Estrutura Administrativa
• Nossa História
• Missão, Visão e Objetivos
• Medalha da Agroenergia
• Serviços Prestados
• Vídeo Institucional
• Apoio Cultural
• Contatos
Institucional

• Comitês de Gestão
• Convênios e Parcerias
• Legislação
• Sustentabilidade
UniUDOP

• A UniUDOP
• Agenda
• Aulas/Palestras
• Comitês de Gestão
• Congresso Nacional da Bioenergia
• Pós-Graduação
• Qualifica
• Seminário/Workshop
• Apoio Cultural
Imprensa

• Agência UDOP de Notícias
• Últimas Notícias
• Fórum de Articulistas
• Galerias de Fotos
• Mídias Sociais
• RSS
• TV UDOP
• Apoio Cultural
• Contatos
Dados de Mercado

• Boletins
• Comércio Exterior
• Consecana
• Cotações
• Indicador - Açúcar
• Indicador - Etanol
• Produção Brasileira
Serviços

• Biblioteca Virtual
• Bolsa de Empregos
• Bolsa de Negócios
• Calendário de Eventos
• Guia de Empresas
• Índice Pluviométrico
• Pesquisas UDOP
• Previsão do Tempo
• Usinas/Destilarias
Mapas

• Usinas/Destilarias
• Bacias Hidrográficas
UDOP - União dos Produtores de Bioenergia
Praça João Pessoa, 26 - Centro - 16.010-450 - Araçatuba/SP - tel/fax: +55 (18) 2103-0528

2012 - Todos os direitos reservados
Desenvolvimento:
/