Quinta-feira, 16 de agosto de 2018
:
EDITORIAS
Agência UDOP | Açúcar | Biodiesel | Cana-de-Açúcar | Combustíveis Fósseis | Diversas | Economia
Energia | Espaço Datagro | Etanol | Fórum de Articulistas | Opinião | TV UDOP | Últimas Notícias
Diversas Aumentar a letra    Diminuir a letra
Seca afetou boa parte do milho de Mato Grosso, diz presidente da Aprosoja-MT  

15/05/2018 - Principal Estado produtor de grãos do Brasil, o Mato Grosso deverá colher até 15 por cento menos na segunda safra de milho deste ano por causa da seca, afirmou à Reuters o presidente do grupo de agricultores Aprosoja, nesta segunda-feira.

Os produtores de Mato Grosso deverão colher cerca de 25 milhões de toneladas de milho este ano, disse Antônio Galvan.

A seca está atingindo o sul do Estado de maneira particularmente forte.

E no Médio-Norte de Mato Grosso, onde a família de Galvan plantou cerca de 1.300 hectares de milho nesta safra, os agricultores podem perder em média 10 por cento devido à falta de chuvas, disse ele.

A colheita em seus campos começará em cerca de 40 dias.

O Mato Grosso produziu quase 29 milhões de toneladas de milho na temporada passada, quando o tempo foi quase perfeito, de acordo com dados do governo.

O Estado responde por cerca de 30 por cento da produção total de milho do Brasil.

O milho segunda safra, que é plantado após a soja, já responde por cerca de 70 por cento de toda a produção de milho do país e fez do Brasil um forte concorrente para os Estados Unidos nos mercados globais.

Este ano, atrasou o plantio e a colheita de soja, atrasando também a safra de milho em algumas fazendas, especialmente no sul do Mato Grosso e em Estados como o Paraná, tornando essas regiões mais expostas à estiagem.

"O fim das chuvas mais cedo neste ano fez com que o problema fosse pior em algumas propriedades", disse Galvan.

A situação é preocupante para os agricultores que escolheram vender seu milho antecipadamente em meio a um aumento nos preços internos, como consequência da seca em muitas partes do Brasil, Argentina e Paraguai.

"Quebra de safra pode levar a quebra de contrato", disse Galvan.

"Se os agricultores não entregarem o milho, eles estão sujeitos a pagar aos compradores a diferença entre o preço no contrato e preços de mercado."

As vendas antecipadas de milho segunda safra do Brasil haviam atingido, até 4 de maio, 32 por cento da produção esperada, acima dos 29 por cento do mesmo período do ano passado, segundo dados da consultoria Datagro.

"Eu normalmente não vendo nenhum milho adiantado por causa do risco associado aos padrões de chuva", disse Galvan.

14/05/18
Ana Mano

Fonte: Reuters
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notícias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notícias Relacionadas
15/08/18 - Apostas de Selic mais alta em setembro são prêmio, e não visão de política monetária, dizem
  especialistas
  - Commodities lideram exportações brasileiras em julho
  - Céleres vê recordes para soja do Brasil em 18/19; safra de milho superando 100 mi t
  - Milho: USDA reporta a venda de 114,572 mil toneladas para destinos desconhecidos
  - Milho: Na bolsa brasileira, preços acompanham alta do dólar e sobem mais de 1% nesta 4ª feira
  - Colheita do milho é atrapalhada pela chuva
  - Volume de locomotivas produzidas recua e é o mais baixo desde 2014 no país
  - Tempo: Calor e baixa umidade predominam sobre Centro-Oeste do Brasil e chuvas ficam isoladas
  - Preço médio da gasolina nas refinarias sobe 1,50%, para R$ 1,9711
  - Bovespa cai quase 2% com cenário negativo no exterior, pesquisa eleitoral e balanços
  - Câmbio eleva atratividade das exportações do agronegócio no 1o. semestre
  - Milho deve ganhar 7% mais terreno no Brasil
14/08/18 - Tempo seco favorece colheita do milho segunda safra
13/08/18 - Tempo: Geadas marcam final de semana no Centro-Sul do país, mas temperaturas começam a subir
  - Colheita de milho no Brasil alcança média, apesar de chuvas em MS e PR
  - Confira a previsão do tempo para esta Segunda-Feira (13) para todas as regiões do Brasil
06/08/18 - Iminência de tabela de frete aumenta consultas de empresas para compra de caminhões
31/07/18 - Logística: Brado inicia operações de açúcar em terminal de Araraquara (SP)
30/07/18 - Porto do Maranhão planeja intensificar importação de diesel e gasolina
26/07/18 - Novo viaduto na BR-262 promete melhorar mobilidade em região canavieira
Para enviar a notícia, basta preencher o formulário abaixo.
Todos os campos são de preenchimento obrigatório!
 
Seca afetou boa parte do milho de Mato Grosso, diz presidente da Aprosoja-MT
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatário:
E-mail destinatário:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentário:
 
 
A UDOP

• Associadas
• Associe-se
• Estrutura Administrativa
• Nossa História
• Missão, Visão e Objetivos
• Troféu da Agroenergia
• Serviços Prestados
• Vídeo Institucional
• Apoio Cultural
• Contatos
Institucional

• Comitês de Gestão
• Convênios e Parcerias
• Legislação
• Sustentabilidade
UniUDOP

• A UniUDOP
• Agenda
• Aulas/Palestras
• Comitês de Gestão
• Congresso Nacional da Bioenergia
• Pós-Graduação
• Qualifica
• Seminário/Workshop
• Apoio Cultural
Imprensa

• Agência UDOP de Notícias
• Últimas Notícias
• Fórum de Articulistas
• Galerias de Fotos
• Mídias Sociais
• RSS
• TV UDOP
• Apoio Cultural
• Contatos
Dados de Mercado

• Boletins
• Comércio Exterior
• Consecana
• Cotações
• Indicador - Açúcar
• Indicador - Etanol
• Produção Brasileira
Serviços

• Biblioteca Virtual
• Bolsa de Empregos
• Bolsa de Negócios
• Calendário de Eventos
• Guia de Empresas
• Índice Pluviométrico
• Pesquisas UDOP
• Previsão do Tempo
• Usinas/Destilarias
Mapas

• Usinas/Destilarias
• Bacias Hidrográficas
UDOP - União dos Produtores de Bioenergia
Praça João Pessoa, 26 - Centro - 16.010-450 - Araçatuba/SP - tel/fax: +55 (18) 2103-0528

2012 - Todos os direitos reservados
Desenvolvimento:
/