Este site utiliza cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência. Ao continuar navegando
você concorda com nossa política de privacidade. Política de Privacidade

Facebook
Instagram
Linkedin
Twitter
Youtube
Fale Conosco
Oceano subterrâneo encontrado na Amazônia tem capacidade para abastecer a Terra por 250 anos
Publicado em 07/01/2021 às 08h32
Muito se fala o quão abençoado é o solo brasileiro. O Aquífero de Alter do Chão é uma prova desta afirmação. Imagine uma quantidade de água subterrânea capaz de abastecer todo o planeta por 250 anos. Esta reserva, além de existir, fica no Brasil.

Cerca de 80% da água da Amazônia encontra-se debaixo da terra. Recentemente, foi descoberto por pesquisadores da Universidade Federal do Pará (UFPA) um oceano subterrâneo, que comprovou a vastidão ainda inexplorada do lugar.

Em 1950, técnicos da Petrobras, enquanto funcionários buscavam petróleo, começaram a encontrar vestígios de que houvesse algum reservatório de água no lugar. Só nunca foi imaginado que seria o maior do mundo.

Segundo a pesquisa da UFPA, este aquífero possui reservas hídricas estimadas preliminarmente em 162.520 km³, sendo a maior que se tem conhecimento no planeta.

O "oceano" fica nas bacias do Marajó, Amazonas, Solimões e Acre. Para se ter ideia, a reserva de água equivale a mais de 150 quatrilhões de litros. O número expressivo é equivalente a 250 anos de abastecimento para toda a população mundial.

Toda esta água faz da Amazônia um lugar único, o que explica a resistência do presidente Jair Bolsonaro em abrir mão da soberania do Brasil sobre o local. Estas riquezas também deixam claro o interesse de outros países no lugar.
29/12/2020
Fonte: Jornal Baixada Cuiabana
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Mais Lidas