Este site utiliza cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência. Ao continuar navegando
você concorda com nossa política de privacidade. Política de Privacidade

Facebook
Instagram
Linkedin
Twitter
Youtube
Fale Conosco
Jalles Machado assina contrato de aquisição da usina Santa Vitória
Publicado em 05/05/2022 às 08h07
Foto Notícia
A Jalles Machado assinou, hoje, o contrato de aquisição da usina Santa Vitória Açúcar e Álcool Ltda, controlada pelo Grupo Geribá Investimentos. A transação, no valor de R$704,86 milhões, também engloba a aquisição da ERB MG Energias S.A. (Cogen ERB), a unidade de cogeração de energia da Santa Vitória, com capacidade instalada de 41,4 MW.

Inaugurada em 2015 e localizada entre as cidades de Santa Vitória e Perdilândia, na região do Pontal do Triângulo Mineiro, Estado de Minas Gerais, a usina Santa Vitória possui um parque industrial moderno, com somente sete anos de operação e capacidade de moagem de 2,7 milhões de toneladas de cana-de-açúcar por safra.

A planta industrial tem capacidade de produção de mais de 240,0 milhões de litros de etanol do tipo hidratado (combustível) por safra. A usina conta com um Parque Industrial de 210 hectares, aproximadamente 37,6 mil hectares de área cultivada com cana própria e é uma das maiores empregadoras da região, com cerca de 1.400 empregos diretos.

A transação faz parte do plano de expansão da Jalles, iniciado com a abertura de capital na bolsa de valores, em fevereiro de 2021. O IPO possibilitou novos investimentos para o crescimento e perpetuidade da Companhia.

"Com a abertura de capital da Jalles, a aquisição dessa terceira unidade era um dos nossos objetivos e a concretização do negócio demonstra compromisso com os nossos acionistas e com os resultados da Companhia. Assim, ganhamos escala e espaço para crescermos em uma outra região, com localização favorável para exportação, mais próxima ao porto de Santos, tornando a empresa mais competitiva. Minas Gerais é um Estado que tem incentivado empresas do nosso setor", ressalta o CEO da Jalles Machado, Otávio Lage de Siqueira Filho.

Após a conclusão do negócio, a Jalles Machado passará a contar com três unidades industriais, com capacidade somada para processar 8,5 milhões de toneladas de cana-de-açúcar por safra, sendo 2,7 milhões na Santa Vitória, 3,3 milhões na Usina Jalles Machado e 2,5 milhões na Usina Otávio Lage.

O fechamento da transação depende da implementação de condições precedentes usuais para transações desta natureza, conforme estabelecidas nos contratos.

A transação teve assessoria jurídica do escritório Pinheiro Neto Advogados e assessoria financeira da FG/A. "Agradecemos a todos os envolvidos que tornaram possível a negociação e também ao Grupo Geribá Investimentos pela confiança", completou Otávio Lage Filho.
Assessoria de Imprensa
Fonte: Jalles Machado
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Mais Lidas