Este site utiliza cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência. Ao continuar navegando
você concorda com nossa política de privacidade. Política de Privacidade

Facebook
Instagram
Linkedin
Twitter
Youtube
Fale Conosco
Suedzucker confirma aumento de 90% no lucro trimestral com recuperação do setor de açúcar
Publicado em 14/01/2022 às 08h12
Foto Notícia
A Suedzucker, maior produtora de açúcar da Europa, confirmou um salto de cerca de 90% no lucro operacional do terceiro trimestre nesta quinta-feira, com a melhora dos mercados de açúcar impulsionando os lucros.

O lucro operacional nos três meses até 30 de novembro subiu para 127 milhões de euros (US$ 145,30 milhões), enquanto as vendas aumentaram 17,4%, para 2,04 bilhões de euros. A empresa divulgou antecipadamente os resultados em 15 de dezembro.

A empresa repetiu sua previsão de dezembro de lucro operacional do grupo para o ano inteiro entre 320 milhões e 380 milhões de euros, acima dos 236 milhões do ano anterior.

A Suedzucker, cujas operações variam de pizza e alimentos processados a ingredientes alimentícios e etanol, disse que seu negócio de açúcar atingiu um lucro operacional trimestral de cerca de 10 milhões de euros, ante um prejuízo de 28 milhões de euros no mesmo período do ano passado.

"Com um déficit adicional na balança mundial de açúcar na campanha de comercialização de 2021/22, o ambiente do mercado mundial deve permanecer positivo", disse a Suedzucker.

Os contratos futuros de açúcar atingiram máximas de quatro anos e meio em outubro, com os altos preços da energia gerando mais demanda por etanol combustível em meio ao aperto na oferta global de açúcar, embora os preços recuassem dos picos de janeiro.

"Espera-se que a UE produza mais açúcar nesta temporada se os rendimentos da beterraba normalizarem, mas a Europa ainda deve precisar de suprimentos extras", disse a Suedzucker.

A empresa espera produzir 4,2 milhões de toneladas de açúcar nesta temporada, ante 3,5 milhões de toneladas no ano passado. "Como a UE continuará sendo um importador líquido na campanha de comercialização de açúcar de 2021/22, a Suedzucker desfrutará de um ambiente de mercado positivo", afirmou.

Desde outubro de 2021, o negócio de açúcar da Suedzucker se beneficiou do aumento das receitas de vendas e da economia de custos de um recente programa de reestruturação corporativa que viu várias fábricas fechadas.

Segundo a companhia, isso será minimizado por custos significativamente mais altos de energia e material de embalagem e cobranças adicionais podem surgir da quarta onda de coronavírus.
Fonte: Reuters
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Mais Lidas