Este site utiliza cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência. Ao continuar navegando
você concorda com nossa política de privacidade. Política de Privacidade

O que é manutençao industrial?
Publicado em 19/03/2007 às 00h00
A origem da palavra diz tudo. Derivada do latim manus tenere, que significa "manter o que se tem", a manutenção está presente na história humana há eras, desde que se começou a manusear instrumentos de produção.



Segundo Jairo Araújo, engenheiro mecânico e gerente de assistência técnica da Zepponi, em outros tempos a manutenção já foi considerada irrelevante na cadeia produtiva. "Hoje pode ser considerada como diferencial de competitividade entre as empresas, reduzindo custos de produção e assegurando qualidade", afirma. Antigamente, a manutenção corretiva (ou "quebra-conserta") ocorria somente quando havia uma parada na produção por quebra dos equipamentos. No final da década de 80, surgiu a manutenção preventiva. Atuando de forma programada, este tipo de manutenção recomendada a substituição de peças e componentes em tempos estimados de vida útil.



Com o desenvolvimento da tecnologia e da engenharia aplicada à manutenção, surgiu a manutenção preditiva, que, graças aos modernos softwares e instrumentos de monitoramento, trouxe o benefício de se agir no tempo certo, explorando a máxima performance dos componentes e substituindo-os antes da quebra.



"Agora, fala-se em um novo conceito de manutenção: a pró-ativa. Esta atua na fase de projeto, prevendo benefícios de especificação de instalação, minimizando as paradas de produção e tornando ainda mais competitivo o processo produtivo", acentua.
Fonte: Revista AgroAnalysis -- vol. 27 -- n° 2 -- Fevereiro 2007
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Notícias Relacionadas
Mais Lidas