Este site utiliza cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência. Ao continuar navegando
você concorda com nossa política de privacidade. Política de Privacidade

Facebook
Instagram
Linkedin
Twitter
Youtube
Fale Conosco
Contratos futuros do açúcar fecham em baixa nas bolsas internacionais
Publicado em 25/11/2021 às 08h22
Foto Notícia
Os contratos futuros do açúcar fecharam em baixa ontem (24) nas bolsas internacionais. Segundo analistas de mercado ouvidos pela Reuters, o balanço de safra na região Centro-Sul do Brasil, apresentado pela Unica, apontou para a produção de 626 mil toneladas de açúcar, nos primeiros 15 dias de novembro, 49,7% a menos que o mesmo período do ano passado, "volume ainda superior ao esperado pelo mercado".

Em Nova York, na ICE Future, o açúcar bruto, no vencimento março/22, foi comercializado a 19,93 centavos de dólar por libra-peso, 18 pontos a menos do que os preços da véspera. Já a tela maio/22 caiu, também, 18 pontos, negociada a 19,59 cts/lb. Os demais lotes recuaram entre 3 e 15 pontos. As únicas exceções foram os lotes, julho e outubro/23, que fecharam estáveis e em alta de 2 pontos, respectivamente.

Ainda segundo a Reuters, o Citi atualizou sua previsão de preço médio para 2022 de 19,5 centavos de dólar por libra-peso para 20,3 centavos, citando o aperto persistente do mercado ao longo do ano de safra de 2022/23.

"A probabilidade crescente de La Niña pesa muito sobre a produção do próximo ano (do Brasil). As exportações (da Índia) devem permanecer lentas (em comparação com) os anos anteriores, quando o subsídio de exportação ainda existia", disse o relatório trazido pela Agência Internacional de Notícias.

Açúcar branco

Em Londres o açúcar branco fechou no vermelho em todos os lotes da ICE Futures Europe. O vencimento março/22 recuou 7,20 dólares, negociado a US$ 511,20 a tonelada. Já o contrato maio/22 foi contratado a US$ 510,30 a tonelada, desvalorização de 6,80 dólares. Os demais lotes caíram entre 5,70 e 6,60 dólares.

Açúcar cristal

No mercado doméstico o açúcar cristal fechou praticamente estável nesta quarta-feira pelo Indicador Cepea/Esalq, da USP. A saca de 50 quilos foi negociada pelas usinas ontem a R$ 153,47, recuo de apenas 1 centavo de real no comparativo com o dia anterior.

Etanol hidratado

Pelo 14º dia consecutivo o Indicador Diário Paulínia para o etanol hidratado fechou no vermelho nesta quarta-feira. O biocombustível foi negociado pelas usinas a R$ 3.603,50 o m³, contra R$ 3.609,50 o m³ praticado na terça-feira, desvalorização de 0,17% no comparativo.
Rogerio Mian
Fonte: Agência UDOP de Notícias
Copyright© 2008 - UDOP.
Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução, desde que citada a fonte.
Mais Lidas